Martinismo
I:::C:::S:::
Bem-vindo(a) ao fórum Martinismo,

Fora da torrente, que de Homens de Desejo nos transformemos em Novos Homens, para mais tarde brotarmos o Homem-Espírito!

Registe-se já nesta comunidade!

Bem-haja!
:cruzrosas:
Dezembro 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 64 em Dom Abr 03, 2016 2:48 pm
Últimos assuntos
» Apresentações dos novos membros
por Jefferson Oliveira Sex Out 30, 2015 5:08 am

» Rituais Teurgicos dos Elu Cohen
por Rodrigo Martins Sex Abr 03, 2015 11:58 pm

» O que significa a Máscara?
por celso Souza do Nascimento Dom Jan 04, 2015 4:18 am

» Sobre incenso e pentagrama invisível
por ZECHER Sex Nov 14, 2014 1:49 am

» Doutrina do RER
por Convidado Dom Out 19, 2014 9:46 am

» POR UMA NOVA ABORDAGEM DAS PRÁTICAS MAÇÕNICAS
por Convidado Sex Jul 11, 2014 10:07 am

» O que é ocultismo - Um ponto de vista Martinista
por Fcx Dom Jun 15, 2014 2:57 am

» Apresentação
por Convidado Seg Fev 17, 2014 11:39 am

» Ordem Martinista mais antiga em atividade no Brasil
por RenatusLuxCasta Qui Set 26, 2013 2:21 am

» Prece de Invocação ao Grande Arquiteto do Universo
por clelio pereira de souza Qua Jul 17, 2013 1:38 am

» Normas essenciais do Martinismo
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:58 am

» Por que estamos na terra?
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:28 am

» Prémios para maiores postadores a partir do 100º Usuário!
por Admin Dom Jun 30, 2013 11:35 am

» Ordem da R+C de Ouro
por Julio Seg Jun 17, 2013 1:56 am

» O Ser Humano Andrógeno
por Julio Qui Jun 13, 2013 5:38 am

» Extrato do livro: O Templo do Coração
por Antoniosag Sab Jun 08, 2013 7:07 pm

Ultimos Usuários On-line

Pantáculo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pantáculo

Mensagem  Julio em Dom Jun 02, 2013 9:25 am

O Pantáculo Universal

“Todos os documentos martinistas comportam a figura ao lado :pantaculo: . É o Pantáculo universal, que não deixa de intrigar os profanos que, frequentemente, o confundem com a estrela de Daivd...”

Deus, o princípio original do Universo, é a representado por um Círculo, símbolo da Eternidade. A ação da Eternidade (passando do poder latente à ação) é simbolizada pela relação mística do Centro com a Circunferência; é o Raio projetado seis vezes ao redor do círculo que produz o Hexágono, emblemático dos seis períodos da Criação. O Ponto Central forma o sétimo período, o do Repouso.

É nestas emanações criadoras (éons) que a Natureza evolui por intermédio dos seus dois grandes fluxos de Evolução (triângulo ascendente, branco) e da Involução (triângulo descendente, negro).

Observe-se que a Natureza, simbolizada pelo “Selo de Salomão”, não alcança Deus, mas somente as forças criativas Dele emanadas. Do Centro do Universo ao próprio Deus (Círculo), nasce a potência humana, unindo os efeitos da Divindade ao fatalismo da Natureza, na Unidade de sua livre Vontade (o livre arbítrio) simbolizada num quaternário (a Cruz). Esta cruz, imagem do homem, une o Centro do Universo (alma humana) ao próprio Deus.

Ela exprime a oposição das forças, duas a duas, para dar nascimento à Quinta essência. É a imagem da ação do Ativo sobre o Passivo, do Espírito sobre a Matéria. A barra vertical simboliza o Ativo; a barra horizontal, o Passivo.

O triângulo com a ponta voltada para o Alto representa tudo o que ascende. Ele é, mais particularmente, o símbolo do Fogo, do Quente. O com a ponta voltada para Baixo representa tudo o que desce. Ele é mais especialmente o símbolo da água, do Úmido.

A união dos dois triângulos representa a combinação do Quente e do Úmido, do Sol e da Lua; simboliza o principio de toda criação, a circulação da vida do Céu à Terra e da Terra ao Céu. Esta figura (“Selo de Salomão”) fornece a explicação das palavras de Hermes na Tábua das Esmeraldas:

“Ele sobe da Terra ao Céu e, uma vez mais, desce na terra e recebe a força das coisas superiores e inferiores.”

Tal é – conclui Papus a propósito do Pantáculo Martinista – a explicação da figura mais completamente sintética que o gênio humano descobriu. Ela revela todos os mistérios da Natureza ela é tão verdadeira na Física quanto na Metafísica, nas Ciências Naturais quanto na Teologia. É o Selo que une a Razão à Fé, o Materialismo ao Espiritualismo, a Religião à Ciência.

Quanto ao Selo de Salomão, ou estrela de seis pontas, que é parte integrante do pantáculo martinista, ele é assim explicado (Papus e Teder):

O Selo de Salomão representa o Universo e seus dois Ternários, Deus e a Natureza. Por esta razão é chamado o “Signo do Macrocosmo” ou “Grande Mundo”, por oposição à Estrela de cinco pontas que é o “Signo do Microcosmo” ou “Pequeno Mundo” ou “Homem”. Ele é composto de dois triângulos. O que tem o vértice para cima representa tudo o que sobe e simboliza o Fogo e o Calor; psiquicamente corresponde às aspirações do Homem na direção do seu Criador; materialmente ele representa a evolução das forças físicas, do Centro da Terra ao centro do nosso sistema planetário, o Sol.
Exprime, em síntese, o retorno das forças morais e físicas ao Princípio do qual elas emanam. O triângulo com o vértice para baixo representa tudo o que desce; é o símbolo hermético da Água e da Umidade. No Mundo Espiritual ele simboliza a ação da Divindade sobre as suas Criaturas; no mundo físico, representa a corrente involutiva partindo do Sol, centro do nosso sistema planetário, até o Centro da Terra. Combinados, estes dois triângulos exprimem não apenas a Lei do Equilíbrio, mas ainda a atividade eterna de Deus e do Universo. Eles representam o Movimento perpétuo, a Geração e a Regeneração incessante pela Água e pelo Fogo, isto é, pela “Putrefação”- termo utilizado outrora em lugar da palavra mais científica “Fermentação”. O Selo de Salomão é, portanto, a imagem perfeita da Criação e, segundo Papus e Teder, foi com esta significação que Louis-Claude Saint-Martin o integrou ao seu Pantáculo Universal.

E eis aqui, para completar a documentação dos novos iniciados, um excerto do belo livros de Louis-Claude Saint-Martin sobre os Números (cap. XVII), relativo ao pantáculo, que deveria ser ulteriormente escolhido pelo doutor Gérard Encausse (Papus) quando fundou a Ordem Martinista (1887-1891):

“O círculo natural formou-se diferentemente do círculo artificial dos geômetras. O Centro chamou o triângulo superior e o triângulo inferior que, reagindo mutuamente, manifestaram a vida. Foi então que apareceu o homem quaternário. Se nos limitássemos ao método dos geômetras seria inteiramente impossível encontrar esse quaternário no círculo, sem empregar linhas perdidas e supérfluas. A natureza nada perde: ela coordena todas as partes de suas obras umas pelas outras. Vê-se também no círculo por ela regularmente traçado que, ao se unirem, os dois triângulos determinam a emancipação do homem no universo e seu lugar em aspecto do centro divino; vê-se que a luz só recebe a vida pelos reflexos que brotam da oposição que o verdadeiro sofre da parte do falso, a luz da parte das trevas; e que a vida desta matéria depende sempre de duas ações: vê-se que o quaternário do homem abraça as seis regiões do universo, e que sendo essas regiões ligadas duas a duas, o poder do homem exerce um triplo quaternário nessa estrada de sua glória.

“É assim que se manifestam as leis deste soberbo conhecimento cujos traços nos foram deixados pelos chinenes, ou seja, o conhecimento do keou-kou. O homem, prevaricando à incitação dos culpados, distanciou-se deste centro divino em aspecto, no qual ele havia sido colocado; mas por mais distanciado que ele esteja, este centro permaneceu seu lugar, porque nenhuma força pode abalar esse temido trono. Quando então o homem abandonou esse posto glorioso, foi a própria Divindade que se encontrou pronta a substituí-lo e que opera para ele no universo esse mesmo poder de que ele deixou-se despojar por seu crime. Mas a partir do momento em que ela vem assumir o lugar do homem, reveste-se das mesmas cores ligadas às regiões materiais onde ele estava primitivamente estabelecido, já que não se pode mostrar-se no centro deste círculo sem colocar-se no meio de todas as regiões.

Eis o que o estudo do círculo natural pode ensinar a olhos inteligentes. A figura traçada, mesmo que imperfeitamente, é mais do que suficiente para colocar na via.”

Pentáculo e Pantáculo:

Pentáculo (do grego pente, 5) designa a estrela de cinco braços, também conhecida como de Pitágoras, símbolo de perfeição e, tipicamente, do homem perfeito.
Sinônimos: pentagrama, pentalfa.

Pantáculo (do grego panta, tudo) designa toda figura geométrica que busca exprimir uma estrutura universal, seja ela absoluta, seja relativa a um domínio específico.

O ocultismo considera, em virtude da lei da analogia, que ao valor teórico do pentáculo, ou do pantáculo, corresponde uma força geralmente tida como benéfica. Desta forma, um pantáculo pode ser, além de um lembrete e de uma insígnia, um talismã.

Esta matéria foi publicada originalmente em L’Initiation no nº 2 de 1962, escrito por Dr. Philippe Encausse.

Julio
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

A::: M:::
Masculino
Mensagens : 20
Apreciações : 69
Reputação : 11
Data de inscrição : 01/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Hermit em Dom Jun 02, 2013 4:25 pm

Muito esclarecedor este texto!

Hermit
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Antoniosag em Seg Jun 03, 2013 12:49 am

Caro F ::: Julio,

Gostei muito do trabalho. Está muito coerente e completo. Diga-me, tem as revistas L’Initiation traduzidas?
Obrigado

_________________
Saudações perante as Luminárias Sagradas e perante os símbolos que nos são caros,

António Pedro S A G


Antoniosag
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

Prata

S::: I:::
Masculino
Mensagens : 45
Apreciações : 191
Reputação : 38
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 29
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Julio em Seg Jun 03, 2013 1:14 am

Aqui no Brasil um grupo traduziu e publicou cerca de 18 revistas. É possível comprar todas ainda, ao preço de R$18,00 cada edição.
Não tenho todas, mas vou transcrevendo alguns textos ao longo da jornada para os Irmãos.

Abs,
Julio

Antoniosag escreveu:Caro F ::: Julio,

Gostei muito do trabalho. Está muito coerente e completo. Diga-me, tem as revistas L’Initiation traduzidas?
Obrigado

Julio
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

A::: M:::
Masculino
Mensagens : 20
Apreciações : 69
Reputação : 11
Data de inscrição : 01/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Antoniosag em Seg Jun 03, 2013 1:46 am

Julio escreveu:Aqui no Brasil um grupo traduziu e publicou cerca de 18 revistas. É possível comprar todas ainda, ao preço de R$18,00 cada edição.
Não tenho todas, mas vou transcrevendo alguns textos ao longo da jornada para os Irmãos.

Abs,
Julio

Pode partilhar o link do grupo, para adquiri-las? Obrigado

_________________
Saudações perante as Luminárias Sagradas e perante os símbolos que nos são caros,

António Pedro S A G


Antoniosag
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

Prata

S::: I:::
Masculino
Mensagens : 45
Apreciações : 191
Reputação : 38
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 29
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Julio em Seg Jun 03, 2013 4:03 am

Olá, Julio,
Obrigado por fazer contato.
Você pode, sim, comprar todas as edições de L'Initiation em língua portuguesa (números 1 a 17). São 17 números e o preço total, com desconto, fica em R$ 310,25 (trezendos e dez reais e vinte e cinco centavos)

Para comprar por depósito ou transferência bancárias, por favor, anote as coordenadas da Gnosis Editorial:

¨ Banco: Banco do Brasil
¨ Agência 0287 – 9
¨ Conta 13083-4
¨ CNPJ: 04.232.947/0001-89

Qualquer dúvida porventura ainda pendente, por favor, escreva-nos novamente.
Fraterno abraço,
Marco Antonio Coutinho

Email de contato: cartas@gnosis-ed.com.br
Contato feito em 18 de Agosto de 2011.

Enviem email antes de depositar para saber como anda a situação. Very Happy
PS. são 17 edições e não 18 como havia dito anteriormente, me desculpem pelo equívoco.

Julio
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

A::: M:::
Masculino
Mensagens : 20
Apreciações : 69
Reputação : 11
Data de inscrição : 01/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Antoniosag em Ter Jun 04, 2013 11:25 am

Obrigado F ::: Júlio,
Tenho a certeza que para além de mim, muitos F ::: e S ::: , quando lerem esta mensagem ficarão interessados!

_________________
Saudações perante as Luminárias Sagradas e perante os símbolos que nos são caros,

António Pedro S A G


Antoniosag
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

Prata

S::: I:::
Masculino
Mensagens : 45
Apreciações : 191
Reputação : 38
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 29
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pantáculo

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:26 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum