Martinismo
I:::C:::S:::
Bem-vindo(a) ao fórum Martinismo,

Fora da torrente, que de Homens de Desejo nos transformemos em Novos Homens, para mais tarde brotarmos o Homem-Espírito!

Registe-se já nesta comunidade!

Bem-haja!
:cruzrosas:
Dezembro 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 64 em Dom Abr 03, 2016 2:48 pm
Últimos assuntos
» Apresentações dos novos membros
por Jefferson Oliveira Sex Out 30, 2015 5:08 am

» Rituais Teurgicos dos Elu Cohen
por Rodrigo Martins Sex Abr 03, 2015 11:58 pm

» O que significa a Máscara?
por celso Souza do Nascimento Dom Jan 04, 2015 4:18 am

» Sobre incenso e pentagrama invisível
por ZECHER Sex Nov 14, 2014 1:49 am

» Doutrina do RER
por Convidado Dom Out 19, 2014 9:46 am

» POR UMA NOVA ABORDAGEM DAS PRÁTICAS MAÇÕNICAS
por Convidado Sex Jul 11, 2014 10:07 am

» O que é ocultismo - Um ponto de vista Martinista
por Fcx Dom Jun 15, 2014 2:57 am

» Apresentação
por Convidado Seg Fev 17, 2014 11:39 am

» Ordem Martinista mais antiga em atividade no Brasil
por RenatusLuxCasta Qui Set 26, 2013 2:21 am

» Prece de Invocação ao Grande Arquiteto do Universo
por clelio pereira de souza Qua Jul 17, 2013 1:38 am

» Normas essenciais do Martinismo
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:58 am

» Por que estamos na terra?
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:28 am

» Prémios para maiores postadores a partir do 100º Usuário!
por Admin Dom Jun 30, 2013 11:35 am

» Ordem da R+C de Ouro
por Julio Seg Jun 17, 2013 1:56 am

» O Ser Humano Andrógeno
por Julio Qui Jun 13, 2013 5:38 am

» Extrato do livro: O Templo do Coração
por Antoniosag Sab Jun 08, 2013 7:07 pm

Ultimos Usuários On-line

Significados da Roupagem do Altar Martinista G::: A::: M:::

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Significados da Roupagem do Altar Martinista G::: A::: M:::

Mensagem  Antoniosag em Sex Abr 26, 2013 5:38 am

A Roupagem Do Altar Martinista

Podemos observar que existem três cores distintas em cada uma das três toalhas que revestem o altar. Sendo a primeira toalha, e a maior, de cor negra, a segunda, de dimensão mediana, de cor vermelha e a terceira e mais pequena de cor branca. Acreditamos que estes símbolos místicos não naturais tenham um significado para além dos planos microcósmicos (corpos físico, emocional, mental e espiritual), e portanto relações com o macrocosmos (genesis metafisico e físico) por essa razão servir-nos-emos da correlação numérica esotérica para abordar este último ponto.


A primeira toalha de cor negra remete o nosso pensamento para aquilo que é material, bruto e sem luz. Comparativamente ao Homem da Torrente, ou seja, aquela parte da humanidade que vive somente por e pelos seus instintos e apetites básicos. Esta humanidade que existe na ausência de ideais mais elevados ditos espirituais, encontra-se simbolicamente cega, portanto no negrume ou escuridão, como a cor da toalha indica. Na ordem também pode ser correlacionada ao primeiro grau da Ordem Martinista, aos Associados Martinistas que se encontram nos primeiros passos do seu desenvolvimento psíquico, no início da morte ou desconstrução da sua persona. Encontram-se portanto na escuridão do útero da “Mãe-Ordem” que os nutre vagarosamente com a sua sabedoria. É nesta altura que os A::: M::: “mais sentem as paredes
do turbilhão da Iniciação” citando as palavras do Ir::: Flamula Veritatis. É portanto uma fase de provação e não propriamente tempo de descontracção e júbilo! Lembremo-nos que esta toalha preta é a mais comprida e densa por isso pode indicar que, a passagem deste estado ao segundo poderá ser mais demorada ou laboriosa.

Vejamos agora o significado esotérico do número 1: o absoluto, começo, iniciativa, a Vontade Primordial, unidade, singularidade, individualidade, a concentração.
A segunda toalha, de cor vermelha e mais curta que a primeira, leva-nos a pensar no sangue vermelho da vida, no fogo, nas paixões ou desejos, na libido, na terra escarlate e no sacrifício. Podemos relacioná-la com o Homem de Desejo, aquele que busca ideais superiores mas que ainda não os vê nitidamente porque tern limitada percepção. É aquela parte da Humanidade que procura melhorar-se interiormente assim como o exterior que a rodeia, existe urn fogo ardente interior que incita a esta melhora, cor de fogo tal como a cor da toalha.

Na Ordem relacionamos o vermelho ao segundo grau, Iniciado Martinista ou Místico Martinista, que se encontra mais consciente das dores que este fogo provoca mas também da positiva regeneração interior que é realizada na alma do I:::M:::. Lembremos que ADÃO, em hebraico, significa solo vermelho ou barro vermelho, adom “vermelho” e dam “sangue”. Adão foi a primeira Humanidade, aquela que se encontrava mais perto do Criador, mais perfeita e em estado de Glória como nos diz Martinez Pasqually no Tratado da Reintegração dos Seres. Mostra uma possível relação e aproximação com a Reconciliação que a Humanidade terÁ que fazer para que mais tarde se dê a efectiva Reintegração.
Esta toalha, mais curta que a primeira, deve marcar uma etapa fugidia e difícil de manter perene, urn estado fácil de perder-se para a obscuridade do materialismo. É a cor intermediária entre a terceira e a primeira. Portanto é urn estado equilibrado, é a ponte que liga a cor da materialidade (preto) á cor da luz imaterial (branco). Pode pertinentemente ser relacionada com o mediador plástico que une a alma ao corpo físico que por sua vez nutre-o, através deste mediador, com energia para anima-lo.



Vejamos agora o significado esotérico do número 2: Dualidade, passividade (oposta á actividade do 1), antítese, sucessão, difusão, separação, limite.
A última toalha branca e a mais curta, encontra-se no topo do altar e é sobre ela que se encontram todas as ferramentas litúrgicas que iremos abordar adiante. Singir-nos-emos por agora somente á cor branca que invoca a pureza, a harmonia, uma essência celestial que se aproxima do que é Uno e Divino. Representa o Novo Homem que caminha para a sua última “metamorfose” o Homem Espírito. Esta cor inspira a rectidão e a Verdade, a Humanidade que é verdadeiramente pura nas suas acções e pensamentos, que vê claramente o certo e o errado, aqueles que espiritualmente se encontram no caminho da reconciliação, lembra os Avatares e o Corpo Glorioso que todos nós temos de condensar.

Na Ordem associamos esta toalha ao terceiro grau, Superior Incógnito ou Filosofo Incógnito. Aquele que tem consciência livre e desapegada do mundo pueril, aquele que irradia a sabedoria celeste, e que se assim quiser, pode tornar-se Superior Incógnito Iniciador e caridosamente dedicar-se á instrução de outros IIr::: perpetuando a Tradição Martinista. Se a toalha vermelha representa o mediador plástico então a toalha branca, pelo seguimento da lógica, simbolizará a Alma (ou Espírito).


Eis o significado esotérico do número 3: primeiro termo equilibrado, resultante da acção dos dois princípios precedentes, multiplicação, crescimento, expansão, amplificação, produtividade, fecundidade, geração ou manifestação.
Através dos significados numéricos podemos ter uma pálida ideia de como tudo começou a existir Macro-cosmicamente e das três pessoas da Divindade, O Pai que é o início activo e sempre imanente, O Filho que dinamiza essa energia apropriadamente, direccionando-a de forma conveniente na criação, O Espírito-Santo que agrega essa energia geradora dinamizada do Filho para que a criação seja manifestada tangivelmente e funcionalmente. Podemos relacionar estes três princípios com o topo da árvore da vida no primeiro reino apelidado Aziluth. Vejamos a sephirah Kether, comparável ao Pai: fornecedor de energia bruta; Chockmah ao Filho que dinamiza essa energia apropriadamente; e Binah comparada ao Espírito-Santo que fornece o receptáculo para que essa energia viva prospere adequadamente.

http://antigaordemmartinista.com/wp/?p=558

Antoniosag
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

Prata

S::: I:::
Masculino
Mensagens : 45
Apreciações : 191
Reputação : 38
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 29
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum