Martinismo
I:::C:::S:::
Bem-vindo(a) ao fórum Martinismo,

Fora da torrente, que de Homens de Desejo nos transformemos em Novos Homens, para mais tarde brotarmos o Homem-Espírito!

Registe-se já nesta comunidade!

Bem-haja!
:cruzrosas:
Dezembro 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 64 em Dom Abr 03, 2016 2:48 pm
Últimos assuntos
» Apresentações dos novos membros
por Jefferson Oliveira Sex Out 30, 2015 5:08 am

» Rituais Teurgicos dos Elu Cohen
por Rodrigo Martins Sex Abr 03, 2015 11:58 pm

» O que significa a Máscara?
por celso Souza do Nascimento Dom Jan 04, 2015 4:18 am

» Sobre incenso e pentagrama invisível
por ZECHER Sex Nov 14, 2014 1:49 am

» Doutrina do RER
por Convidado Dom Out 19, 2014 9:46 am

» POR UMA NOVA ABORDAGEM DAS PRÁTICAS MAÇÕNICAS
por Convidado Sex Jul 11, 2014 10:07 am

» O que é ocultismo - Um ponto de vista Martinista
por Fcx Dom Jun 15, 2014 2:57 am

» Apresentação
por Convidado Seg Fev 17, 2014 11:39 am

» Ordem Martinista mais antiga em atividade no Brasil
por RenatusLuxCasta Qui Set 26, 2013 2:21 am

» Prece de Invocação ao Grande Arquiteto do Universo
por clelio pereira de souza Qua Jul 17, 2013 1:38 am

» Normas essenciais do Martinismo
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:58 am

» Por que estamos na terra?
por clelio pereira de souza Seg Jul 15, 2013 3:28 am

» Prémios para maiores postadores a partir do 100º Usuário!
por Admin Dom Jun 30, 2013 11:35 am

» Ordem da R+C de Ouro
por Julio Seg Jun 17, 2013 1:56 am

» O Ser Humano Andrógeno
por Julio Qui Jun 13, 2013 5:38 am

» Extrato do livro: O Templo do Coração
por Antoniosag Sab Jun 08, 2013 7:07 pm

Ultimos Usuários On-line

Normas essenciais do Martinismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Normas essenciais do Martinismo

Mensagem  Antoniosag em Ter Maio 28, 2013 10:24 pm

:pantaculo:
Normas essenciais do Martinismo

O Propósito deste artigo é dispor os elementos particulares que todos os Martinistas individualmente, e todas as Ordens Martinistas colectivamente, possuem. Estes elementos apresentam as características que ajudam a definir quem somos enquanto indivíduos e enquanto família Iniciática.

A crença em Deus e a invocação de Yeshua

O Martinismo é uma Ordem essencialmente Cristã. Como tal Yeshua é invocado em todas as sessões rituais e mencionado em todos os documentos Martinistas. A obrigação da crença em Deus é uma característica que abarca todos os corpos Iniciáticos. Sem ela não o conceito iniciático perder-se-ia. Somos cristãos! Cristãos libertos dos limites e dogmas. Honramos Yeshua por ele representar o mistério da encarnação do Logos no mundo físico. Compreendemos que os acontecimentos do drama Crístico se manifestam progressivamente em nós e que por esse motivo e por meio da participação Divina na existência, recebemos como resposta às nossas orações e rituais teúrgicos os milagres emanados da providência divina.

Este é um ponto essencial e fundamental.


A Iniciação transmitida por Louis-Claude de Saint Martin

Consideramos que esta iniciação, apelidada de S.I., tem uma dupla origem. Ela funda-se em Martinez de Pasqually e em Saint-Martin. Esse duplo legado é parte da essência da Ordem e da própria qualidade de cada Martinista. Vemos nela a natureza espiritual agregadora da nossa grande família Iniciática.

Compreendemos que existem vários caminhos e filiações Martinistas, mas sabemos que todos eles se ligam a Saint-Martin. Citamos Robert Amadou quando ele afirma que a filiação Martinista é “a de afiliação do Desejo, uma afiliação espiritual que pouco a pouco foi formalizada ritualisticamente devido à influência de diversas personalidades”.


A divisão dos graus

A estrutura geral e actual da Ordem, divide a Iniciação em três graus. Dois preparatórios e final que é o S.I.. Todas as Ordens Martinistas actuais trabalham usando esta mesma estrutura, embora algumas usem nomes diferentes nos graus preparatórios.

Tradicionalmente os nomes atribuídos aos graus do primeiro templo são:

1º Grau – Associado

2º Grau – Iniciado ou místico

3º Grau – S:::I::: (Supérieur Inconnu)

Transmissão de boca a orelha, pessoal, realizada pelo Iniciador ao iniciado.

A iniciação é sempre pessoal sendo realizada por um Iniciador autorizado, independentemente do título que tenha.

A Iniciação é um presente dado por um Iniciador ao seu iniciando ou inicianda, constituindo uma marca da mais profunda confidência entre os dois. Não pode ser transmitida por correio, por telefone ou por qualquer outra maneira que não seja pessoalmente e na presença dos símbolos essenciais do Martinismo.

O Iniciador pode ser conhecido por diversas formas e títulos: Iniciador, Iniciador livre, Filósofo Desconhecido, etc. Todos significam o mesmo e declaram a mesma verdade: cada Iniciador recebeu a sua autoridade de um outro Iniciador, podendo conferir a Iniciação. Cada Iniciador é livre e autónomo, sendo cada Iniciação consumada de acordo com a sua própria discrição.

O Desejo é o requisito fundamental que o iniciando deverá possuir. A intelectualidade e a caridade espiritual deverão estar equilibradas com a consciência responsável. O Iniciador nunca deverá conferir a Iniciação: aos meramente curiosos, àqueles que procuram na Iniciação a satisfação dos seus próprios egos, ou àqueles que a procuram com fins lucrativos e mercenários. É fundamental que a Ordem deposite a sua tradição em candidatos fiéis e honestos capazes de manter a sua pureza. Cada Iniciador deve esforçar-se para preservar a herança que lhe foi conferida de forma a passá-la intacta à posterioridade.


Os Mestres do Passado

Este é nome dado àqueles que tem criado, contribuído e definido a nossa Tradição. São os que nos transmitiram a sua afiliação. Alguns exemplos são: Papus, Sédir, Phaneg e Mestre Philippe. Outros Mestres são conhecidos somente por aqueles que pertencem a uma ou outra linha de afiliação. Há alguns que tem trabalhado completamente “por detrás da máscara”, e que são conhecidos como sendo santos ou grandes almas. Invocamos a sua presença em cada sessão ritual e pedimos a sua orientação e protecção.

A liberdade essencial para o Iniciado buscar seu próprio caminho rumo a reintegração

A Ordem Martinista teve desde a sua génese, um programa de instrução baseado em certos símbolos fundamentais. À parte destes, cada Iniciador ou grupo de dirigentes, foram livres para instruir de acordo com sua própria compreensão e interesse do grupo. Deste modo, o Martinismo é mais um local de encontro, que propriamente um currículo rígido, e é assim que deve ser, pois o caminho da reintegração é pessoal. Assim, alguns trabalharão com uma Ordem, outros com outra, e alguns trabalharão sozinhos como Martinistas Livres. Sempre tem sido assim.

Crer no processo de reintegração como forma de escape da Floresta dos Erros

A Ordem Martinista sempre sustentou que o homem está caído, perdido e ema privação, desconhecendo totalmente os privilégios do seu estado primordial. A função das escolas de Pasqually e Saint-Martin tem sido relembrar ao homem as suas glórias, a sua origem sobrenatural e indicar aos desejosos o caminho de retorno. Alguns preferirão seguir o caminho Operativo, outros preferirão a via cardíaca. Independentemente do caminho escolhido, a jornada deverá ser empreendida perseverantemente.


O Uso do Manto Simbólico, da Máscara e do Cordão

Pouco importa a cor do manto; pouco importa a cor do cordão do S.I.; e pouco importa se tem nós ou não. Todos os Martinistas fazem uso destes três símbolos e dos seus profundos significados que na verdade são imutáveis.

O Uso dos três tecidos, preto, vermelho e branco

Assim como o manto, a máscara e o cordão, estas cores são de uso universal e seu simbolismo explica-se de modo equivalente.

O Uso do Trígono de Luminárias.

No altar Martinista, existem 3 velas dispostas em triângulo. Em algumas Lojas são usadas em 2 Graus, noutras em todos Graus. O simbolismo é sempre o mesmo e pode ser aceite por todos os Martinistas.

O Uso do Pantáculo Martinista

Em algumas Ordens Martinistas, o Pantáculo localiza-se no chão a leste, noutras encontra-se acima da cadeira do Iniciador e noutras Ordens o Pantáculo encontra-se nos dois locais. Ele consta de todos os documentos Martinistas, constituindo o símbolo Martinista universal.


O local dos Mestres do passado

Em todos os Templos Martinistas, existe um lugar, uma cadeira, uma mesa, ou um altar adornado com uma vela dedicada aos Mestres do passado. Dedicada àqueles que foram são e serão os rochedos onde se funda a nossa Ordem e a nossa família Iniciática. Essa vela ilumina todas as nossas cerimónias e representa a nossa invocação aos Mestres do passado, as suas presenças no nosso seio e a nossa aspiração de um dia nos juntarmos a eles.

Fonte: http://antigaordemmartinista.com/wp/?page_id=203

_________________
Saudações perante as Luminárias Sagradas e perante os símbolos que nos são caros,

António Pedro S A G


Antoniosag
HOMEM ESPIRITO
HOMEM ESPIRITO

Prata

S::: I:::
Masculino
Mensagens : 45
Apreciações : 191
Reputação : 38
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 29
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

clelio pereira de souza

Mensagem  clelio pereira de souza em Seg Jul 15, 2013 3:58 am

tenho lido sobre saint martin e sobre o martinismo. venho aqui com respeito e estou atendo aos termos e citaçoes aqui colocadas a fim de evoluir meus pensamentos e agregar conhecimento. estou feliz e percebo aqui grandes comentarios esclarecedores para mim. durante minha vida neguei ao meu espirito e a minha carne esse tipo de contato, e agora, estou desenvolvendo em mim o homem de desejo, com simplicidade e desejo de ouvir.

clelio pereira de souza
HOMEM DE DESEJO
HOMEM DE DESEJO

A::: M:::
Masculino
Mensagens : 4
Apreciações : 17
Reputação : 0
Data de inscrição : 15/07/2013
Localização : taubate

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum